sábado , 16 dezembro 2017
Home / Destaque / Prefeitura vai reunir agricultores familiares para reunião sobre a merenda escolar

Prefeitura vai reunir agricultores familiares para reunião sobre a merenda escolar

Os produtores da agricultura familiar interessados em fornecer produtos para a merenda escolar para Rede Municipal de Ensino de Mandaguari em 2018 estão sendo convidados para uma reunião que será realizada no dia 5 de dezembro próximo, às 8h00 no Módulo Cultural.

Os alimentos serão destinados à merenda de escolas e creches, adquiridos com verba do Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educação/Programa Nacional de Alimentação Escolar (FNDE/PNAE), fundamentado na Lei Federal 8.666, de 21 de junho de 1993, e a Lei 11.947, de 16 de junho de 2009.

A merenda escolar do município de Mandaguari alimenta com qualidade todos os dias os alunos da Rede Municipal de Ensino. Os alimentos que chegam à mesa das escolas e centros municipais de educação infantil passam por um planejamento nutricional, garantindo a qualidade das refeições. O cardápio conta com frutas, verduras, legumes, hortaliças, proteínas, alimentos ricos em vitaminas, sais minerais e fibras, incentivando também os bons hábitos alimentares.

Diariamente são servidas mais de 6.800 refeições aos 3.500 alunos dos 15 estabelecimentos da Rede Municipal de Ensino, que contam com alimentação balanceada, garantindo um melhor aprendizado e uma vida mais saudável às crianças. As escolas que atendem em período integral recebem três refeições diárias, enquanto para as crianças dos centros municipais de educação infantil são servidas 4 refeições por dia. Já os estabelecimentos de ensino com apenas um período, servem uma refeição diária.

Todas as medidas são tomadas para que não haja desperdício de alimentos nas escolas e que as refeições sejam de qualidade. Cada escola informa o número de alunos matriculados, de acordo com esse número é enviada a quantidade de alimento necessário.

São realizados treinamentos com as merendeiras todos os anos, para que elas possam receber dicas de como manusear os alimentos, de higiene, além de outras informações. As diretoras das escolas também auxiliam na fiscalização das cozinhas. Os funcionários responsáveis pela merenda escolar são ainda fiscalizados pelo Conselho de Alimentação Escolar, formado por um membro do Executivo e outros da sociedade civil.

Veja Também

Jardim Cristina receberá ATI

Depois de legalizar a documentação do salão comunitário, que foi repassado pela Cohapar ao município, ...