domingo , 20 janeiro 2019
Home / Destaque / Mandaguari participa de Oficinas sobre o Plano Estadual de Resíduos Sólidos

Mandaguari participa de Oficinas sobre o Plano Estadual de Resíduos Sólidos

Colher subsídios e debater temas a serem aproveitados no processo de atualização do Plano Estadual de Resíduos Sólidos. É o objetivo da I Oficina Técnica Regional realizada nesta terça-feira (6), no Auditório do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea), em Maringá.

O município de Mandaguari esteve representado no evento pelo secretário de Desenvolvimento Econômico, Meio Ambiente e Turismo, Ivan Carlos de Moraes, que estava acompanhado de Renato de Mattos e Luiz Rodrigues Júnior, respectivamente diretor e gestor de meio ambiente.

De acordo com o coordenador de Resíduos Sólidos, da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Paraná, Vinício Costa Bruni, a Oficina compreende seis eventos. Antes de Maringá, foram realizados encontros em Ponta Grossa, Guarapuava, Toledo e Londrina. O ciclo vai ser encerrado, no dia oito de fevereiro, em Curitiba.

Especialista em coleta, transporte, tratamento e destinação final de resíduos sólidos, Bruni destaca que o Plano Estadual está em vigor desde 2013, mas contempla apenas a questão dos resíduos sólidos urbanos. Com a atualização, o novo documento vai ampliar a abrangência para os resíduos de saúde, dos serviços públicos de saneamento básico, de transporte, da construção civil, mineração, industriais, agrossilvopastoris, e a logística reversa.

Nas oficinas, está sendo apresentado e debatido o Panorama dos Resíduos Sólidos do Estado; um estudo sobre a gestão, situação, atividades geradoras, locais de destinação final e áreas degradadas por disposição inadequada. A partir do diagnóstico realizado, os participantes dos encontros regionais opinam, corrigem e ratificam as informações levantadas em todo o Paraná.

Após este ciclo inicial, as sugestões serão incorporadas ao Panorama e, uma nova rodada de encontros voltará a percorrer as seis cidades para validar o documento que servirá de base para atualizar o Plano Estadual. “O Plano orienta a formulação de política públicas, no Estado e nos municípios. Mostra onde estamos e para onde vamos”, ressalta Bruni.

O secretário Municipal de Meio Ambiente e Bem-Estar Animal de Maringá (Sema), Ederlei Ribeiro Alkamim, afirma que as oficinas criam um ambiente favorável para a troca de informações e para a integração dos técnicos da área. “O debate provoca o avanço e torna possível encontrar soluções para um assunto complexo”, acrescenta.

Prefeito por duas gestões de Munhoz de Mello e atual secretário de Agricultura e Meio Ambiente do Município, Gilmar José Benkendorf Silva, declara ser importante regionalizar a discussão de um tema que afeta toda a população paranaense. “O intercâmbio de experiências contribui para estabelecermos soluções integradas e consorciadas para os resíduos sólidos”, frisa.

Com informações da Assessoria de Imprensa da Amusep

Veja Também

Está quase elucidado os autores do primeiro homicídio em Mandaguari

Quanto ao homicídio ocorrido na data de ontem, informo que o crime foi solucionado em ...