terça-feira , 19 junho 2018
Home / Destaque / Investimentos em Saúde e Educação ultrapassam exigência constitucional em Mandaguari

Investimentos em Saúde e Educação ultrapassam exigência constitucional em Mandaguari

A aplicação de recursos do orçamento público em índice superior ao limite mínimo exigido pela Constituição Federal em áreas como Saúde e Educação chamaram a atenção durante a prestação de contas do terceiro quadrimestre de 2017, realizada pela Prefeitura de Mandaguari, realizada nesta terça-feira, 27 de fevereiro, no plenário da Câmara Municipal.

Obedecendo à legislação vigente e ao dever do Município de prestar contas aos cidadãos, a Prefeitura realizou as audiência públicas de Prestação de Contas das Metas Fiscais do 3º Quadrimestre de 2017 e Prestação de Contas do 3º Quadrimestre de 2017 do Plano Municipal de Saúde.

A exposição sobre as metas ficais foi realizada pelo secretário de Planejamento, Finanças e Gestão, Hamilton Sampaio e na saúde pelo secretário Josias Gonçalves. As audiências contaram com as presenças do prefeito Romualdo Batista, do vice Ari Stroher, dos vereadores Jocelino Tavares (presidente do Legislativo), Eron Barbiero e Luiz Carlos Garcia, da secretária de Governo do município, Vâine Miriam Michelan Batista e de representantes entidades e da comunidade local.

Com relação às metas fiscais dois dados chamam a atenção. Primeiro diz respeito ao percentual aplicado na saúde durante o ano de 2017, que foi de 25%m quando o limite mínimo constitucional é de 15%. Em segundo a Educação, área em que foram aplicados 27,81% o orçamento previsto, ou seja, também acima do mínimo exigido, que é de 25%.

A audiência da Secretaria de Planejamento teve como objetivo demonstrar a avaliar o cumprimento das metas fiscais até o terceiro quadrimestre de 2017, conforme determinação da Lei de Responsabilidade Fiscal.

Os dados apresentados foram extraídos de balancetes e relatórios contábeis até o terceiro quadrimestre de 2017, ou seja, referente ao período de janeiro a dezembro de 2017. Os resultados apresentados da administração direta, do poder Executivo juntamente com a FAFIMAN, demonstram o cumprimento das metas e princípios de gestão fiscal responsável prevista na Lei de Responsabilidade Fiscal e a manutenção do equilíbrio fiscal.

 
Assessoria de Imprensa - Prefeitura Municipal de Mandaguari

Veja Também

Jovem de 20 anos morre de infarto em Mandaguari

Um fato lamentável no inicio da tarde deste sabado (16), onde por volta das 13horas, ...