quarta-feira , 25 Abril 2018
Home / Destaque / Vem aí o 3º Campeonato Municipal de Skate e batalha de Hip Hop

Vem aí o 3º Campeonato Municipal de Skate e batalha de Hip Hop

O Departamento de Esportes da Prefeitura de Mandaguari vai radicalizar com o skate e agitar a pista localizada na antiga Estação Ferroviária da cidade nos dias 24 e 25 próximos (sábado e domingo). Neste dois dias será realizado o 3º Campeonato Municipal de Skate e a Batalha de Hip Hop.

As batalhas de rima do Hip Hop serão realizadas no dia de março, a partir das 14 horas e as inscrições podem ser efetuadas no local. O evento tem como objetivo de valorizar e incentivar essa cultura em Mandaguari.

Já a terceira edição do Campeonato Municipal de Skate visa dar oportunidade para os locais mostrarem seu talento e ganhar visibilidade e ganhar experiência para que num futuro próximo possam participar de competições regionais, estaduais e até nacionais.

As competições contam com o apoio da Qua4uatro Skate House, Wats, Fre Session, Hocks, Ander e Hamburgueria Escarabajo.

SKATE

O skate teve sua origem na Califórnia, por volta do início da década de 60. Tudo começou quando surfistas queriam encontrar uma maneira para se divertirem nos dias em que as ondas estivessem fracas. Foi então, que tiveram a ideia colocar rodinhas de patins na parte inferior de uma tábua de madeira, foi aí que surgiu o skate.

A prancha de madeira foi nomeada como “shape”.

Logo foi considerado um esporte, e em 1965 foram fabricados os primeiros skates e organizados os primeiros campeonatos.

O maior skatista de todos os tempos foi Tony Hawk, que até hoje é influencia e inspiração para quem pratica o esporte. Hoje, os grandes campeões de campeonatos de skate, são skatistas do Brasil e dos Estados Unidos.

O skate chegou ao Brasil por volta de 1965. Os primeiros skates brasileiros eram feitos com rodinhas de patins ou de ferro. Não existiam regras, sendo no início considerado apenas como lazer e não como uma prática esportiva.

Em 1974 foi realizado o primeiro Campeonato Brasileiro de Skate. O evento foi disputado no Clube Federal do Rio de Janeiro. Nesse mesmo ano foi inaugurada a primeira pista no Brasil. Na década de 90, o skateboard realmente explodiu no Brasil. O número de praticantes cresceu vertiginosamente, bem como os eventos, a organização do esporte e a exposição na mídia.

A Confederação Brasileira de Skate (CBSk) é a entidade nacional que regula o esporte. A CBSk foi fundada em março de 1999 em Curitiba, Paraná, e hoje tem sede na cidade de São Paulo. Atualmente o Brasil é considerado como a segunda maior potência no skate mundial, ficando atrás apenas dos Estados Unidos.

 

HIP HOP

         O Hip Hop enquanto cultura urbana surgiu na periferia de Nova York, entre as comunidades caribenhas, afro-americanas e latino-americanas na década de 1970. O contexto social era de violência e criminalidade nesses bairros, e a única forma de lazer possível para os jovens era nas ruas. Eles encontraram na música, poesia, dança e na pintura uma forma de manifestação de sua realidade e contestação.

O fundador do hip hop teria sido Clive Campbell, ou DJ Kool Herc. O primeiro evento da história do hip hop ocorreu no dia 11 de Agosto de 1973, na festa de aniversário da irmã do Dj, Cindy Campbell, no número 1520 da Sedgwick Avenue, no Bronx em Nova York.  Outra data que é marco na história do hip hop é o dia 12 de novembro de 1973, dia da fundação da ONG Zulu Nation que promovia a cultura hip hop como forma de manter os jovens longe do crime e da violência.

Aos poucos a poesia na música, representada pelo rap, ganhou o espaço nas discotecas, que até então não cansavam de tocar os hits da era disco. As duplas de DJs e MCs ganhavam destaque e travavam competições entre si, as batalhas de rap, feitas só pela manifestação cultural e sem conotação de violência. O grafite nos muros era a expressão da pintura na cultura hip hop, e o break era a dança que saía das ruas para as festas em toda a cidade.

O disco Hip-Hop Cultura de Rua é o que marca a chegada do movimento no Brasil. São vários os rappers que participam do álbum, entre eles Thaíde e Dj Hum, até hoje dos principais nomes do hip hop nacional. Mas a cultura hip hop chegou primeiro ao Brasil através do break dance. Antes do álbum, o hip hop brasileiro tinha seu espaço nas ruas de São Paulo, mais precisamente no metrô São Bento, em que os artistas faziam sua performance para quem passasse pela rua e estivesse disposto a contribuir.

 
Assessoria de Imprensa - Prefeitura Municipal de Mandaguari

Veja Também

Mandaguari recebe escavadeira hidráulica para atender a zona rural

Desde a criação da Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento de Mandaguari em 2013, foram ...