domingo , 22 julho 2018

Governo negocia privatização do Aquífero Guarani com multinacionais

Postagens nas redes sociais viralizaram uma suposta denúncia de que o governo federal estaria negociando a privatização do Aquífero Guarani com empresas multinacionais.

O Sistema Aquífero Guarani (SAG) é uma das maiores reservas subterrâneas de água do mundo, com 1,2 milhão de quilômetros quadrados de extensão divididos entre Brasil, Uruguai, Paraguai e Argentina

Cerca de 840 mil quilômetros quadrados do SAG ficam em território nacional, entre os estados do Rio Grande do Sul e de Mato Grosso. No Brasil, só perde em extensão para o Aquífero Grande Amazônia, que tem 1,3 milhão de quilômetros quadrados.

“As negociações no Brasil para a venda de mananciais do Aquífero Guarani seguem adiantadas com os grandes conglomerados transnacionais do setor, entre eles a Nestlé e a Coca-Cola”, diz um dos textos que circulam desde 2016

A participação do presidente Michel Temer (MDB) no Fórum Econômico Mundial, em janeiro, deu munição à notícia falsa. Um dos sites que ajudaram a espalhar esse conteúdo dizia que “o discreto encontro entre o presidente de facto Michel Temer, e o presidente da Nestlé, Paul Bulcke, acelera as negociações para a concessão às multinacionais para explorar o Aquífero Guarany”. O volume da reserva é estimado em 40 mil quilômetros cúbicos de água, mas ele não permite a alienação destes recursos.

Veja Também

Moto furtada no Jardim Paraná

21/07/2018 22:30 FURTO SIMPLES (CONSUMADO) Local: IGUAÇU, JARDIM PARANA, MANDAGUARI VÍTIMA: T. R. B. 36 ...

[lbg_audio8_html5_shoutcast settings_id='1']