quinta-feira , 19 julho 2018

Prazo para atualização cadastral de usuários do pedágio termina no dia 30 de maio

Termina no dia 30 de maio próximo o prazo para a atualização cadastral de veículos com placas de Mandaguari e de usuários que também residem em Mandaguari. A informação foi dada esta semana pela ARD – Agência Regional de Desenvolvimento, depois de reunião com a direção da concessionária de rodovias Viapar, que administra a praça de pedágio localizada entre Mandaguari e Marialva.

A atualização do cadastro realizada anualmente faz parte das exigências da concessionária, para evitar que veículos de pessoas que não residam na cidade sejam beneficiados com o desconto. Caso não efetue a atualização até o dia 30 de maio, o usuário corre o risco de não gozar do benefício até que a situação seja regularizada. A ARD prestará este serviço durante todo ano, mas a determinação de um prazo visa justamente regularizar quem realmente tenha o direito ao benefício do desconto.

Outro benefício do banco de dados atualizado e do cartão de identificação, é que na sequência a concessionária implantará um sistema automático de leitura da placa dos veículos, que agilizará o tempo de passagem pela praça de pedágio.

A atualização cadastral não é obrigatória à todos e sim somente à aqueles que desejarem utilizar a praça de pedágio, com pagamento em dinheiro ou com uso de Tag (Chip).

Vale lembrar que existe a “passagem sem custo e sem a necessidade de cadastro” para os veículos de Mandaguari pela Estrada Terra Roxa, uma luta do MTZ – Movimento Tarifa Zero, que conquistou este direito através de uma grande mobilização popular.

Com relação ao uso do cartão, a diretoria da ARD informa que o mesmo será implantado em breve para substituir os cupons, proporcionando mais facilidade para os mandaguarienses, ou seja, o pagamento da tarifa com desconto será efetuado em dinheiro diretamente nas cabines do pedágio, não sendo mais necessário a compra antecipada dos cupons na ARD e também desta forma, atendendo às muitas solicitações de usuários que eram pegos de surpresa sem cupons nos finais de semana, tendo que pagarem tarifa cheia.

Outro fator importante está relacionado ao número de vezes que o usuário poderá utilizar o desconto. Em dinheiro, continuará sendo dez passagens por mês, com Tag ilimitado. Caso o usuário necessite consultar o número de passagens, um extrato poderá ser solicitado na ARD conforme convencionado entre Viapar e a Agência. “É mais uma garantia para os mandaguarienses”, frisa o presidente da agência, Orivaldo Siquinelli.

Veja Também

Fórum de Cidades Digitais promove intercâmbio entre prefeituras do noroeste do Estado

O Fórum de Cidades Digitais do Noroeste do Paraná é uma oportunidade para conhecer produtos ...

[lbg_audio8_html5_shoutcast settings_id='1']