sexta-feira , 14 dezembro 2018
Home / Destaque / Encontro nacional destaca experiência de Mandaguari na área social

Encontro nacional destaca experiência de Mandaguari na área social

Representantes do município de Mandaguari, estão em Brasília, onde estarão apresentando a experiência “Parâmetros municipais básicos que contribuam na implementação e implantação de um Sistema Municipal de Vigilância Socioassistencial”, para o Ministério do Desenvolvimento Social – MDS, que está entre as três experiências do Paraná selecionadas para “2ª Mostra de Experiências em Vigilância Socioassistencial”.

O trabalho do município foi reconhecido pelo Ministério e até esta quinta-feira, dia 21, fará parte da Mostra, que está inserida no XI Encontro Nacional de Vigilância Socioassistencial, que acontece na Capital Federal. O município está representado pela secretária de Assistência Social, Gisele Knupp e pela diretora administrativa da pasta, Juliana Moura dos Santos. “É muito gratificante ver nossa cidade com um trabalho reconhecido e que está sendo apresentado aos participantes e também através de um banner exclusivo de Mandaguari, que descreve a nossa experiência”, comemora Gisele.

Do Paraná, além de Mandaguari, foram selecionadas experiências de Curitiba e Londrina. Foram recebidas pelo MDS 133 experiências de 110 municípios diferentes, além de 13 experiências estaduais. Mandaguari está numa lista nacional de 35 municípios.

A EXPERIÊNCIA

A experiência “Parâmetros municipais básicos que contribuam na implementação e implantação de um Sistema Municipal de Vigilância Socioassistencial”, tem como objetivo padronizar a coleta de informações buscando qualificar a execução da Política Municipal de Assistência Social de Mandaguari, alcançando desta forma elaborar e implantar o relatório mensal de atividades nas unidades governamentais e da sociedade civil, coletar, sistematizar e analisar os dados colhidos, com intuito de dar subsídios para o planejamento da política no município e acompanhar e monitorar a qualidade das ações ofertadas à população, bem como se a mesma tem causado o impacto social esperado.

Contou na proposta encaminhada ao governo federal como o município vem trabalhando com a vigilância socioassistencial, desde o ano de 2011, quando foi elaborado a primeira minuta de relatório mensal de atividades das unidades socioassistenciais, governamentais e não governamentais.

No que se refere aos resultados, a Secretaria Municipal de Assistência Social não possuía nenhum dado sistematizado e analisado das ações realizadas em âmbito municipal. Desta forma, foram atingidos patamares jamais alcançados anteriormente, tais como: quantidade de reuniões e capacitações realizadas, bem como quantidade de profissionais, perfil dos usuários atendidos, quantidade de usuários atendidos mensalmente e sua frequência, alcance das metas e indicadores de resultados, entre outros, todos esses sendo devidamente registrados.

A partir do ano de 2011, percebemos que as unidades, principalmente as organizações da sociedade civil, ampliação o nível de organização e coleta de dados internos. Prova disto, são saberem realmente a quantidade de usuários atendidos, bem como frequência dos mesmos nas atividades, perfil das famílias atendidas, entre outros.

Todas essas informações são discutidas pelo Conselho Municipal de Assistência Social – CMAS, bem como com o Ministério Público e balizam, principalmente, o estabelecimento de termos de parceria com as organizações da sociedade civil.

Veja Também

Moto com alerta de furto é apreendida na Vila Vitória

13/12/2018 00:00 FURTO SIMPLES (CONSUMADO) Local: JOSE SOFIA, VILA VITORIA, MANDAGUARI VEICULO APREENDIDO: MOTOCICLETA HONDA ...