terça-feira , 21 agosto 2018

Evento enfatiza enfrentamento e combate ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes

Mais de 400 pessoas de diversos segmentos da sociedade mandaguariense participaram das atividades de um evento que teve como objetivo enfatizar a Campanha Socioeducativa de Enfrentamento e Combate ao Abuso e à Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes”. O evento foi realizado nesta segunda-feira, dia 30 de julho, no Centro de Convenções “Décio Bacelar.

A campanha é realizada pela Secretaria de Assistência Social e do Centro de Referência Especializado da Assistência Social (CREAS), em parceria com a Secretaria Municipal de Educação. Durante todo o dia a ação aconteceu através de Capacitação envolvendo os profissionais da Educação e Rede de Serviços Socioassistenciais do Município.

A palestra: “Abuso Sexual & Pedofilia Ações de Combate, ficou a cargo de Luciano Betiate, foi Conselheiro Tutelar por dois mandatos. Hoje é escritor, conferencista e coordenador de seminários sobre Direitos Humanos e temas relacionados à infância e Juventude. Nos últimos anos tem se especializado em cinco temas principais: Violência doméstica; Violência contra criança e adolescentes; Pedofilia, abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes; Atribuições do Conselho Tutelar; Estatuto da Criança e do Adolescente.

De acordo com a organização, o objetivo é conscientizar, sensibilizar e alertar a sociedade, principalmente as crianças e adolescentes que são vítimas desta violência, que pode ser considerada como uma das piores formas de agressão que possa existir, pois na maioria dos casos, observa-se que o agressor é uma pessoa que a criança conhece, confia e muitas vezes da própria família.

VIOLÊNCIA SEXUAL – É uma violação dos direitos sexuais, porque abusa e/ou explora do corpo e da sexualidade, seja pela força ou por outra forma de coerção, ao envolver crianças e adolescentes em atividades sexuais impróprias à sua idade cronológica, ou ao seu desenvolvimento físico, psicológico e social.

DENUNCIANDO – Se você tiver suspeita ou conhecimento de alguma criança ou adolescente que esteja sofrendo violência, a sua atitude deve ser de denunciar. Isso pode ajudar meninas e meninos que estejam em situação de risco. As denúncia podem ser feitas a qualquer uma das seguintes instituições:

Conselho Tutelar:  3233-5818

Disque 100 (por telefone ou pelo e-mail disquedenuncia@sedh.gov.br) canal gratuito e anônimo.

CREAS: 3233-0294

.

Veja Também

Saúde divulga dia e horários de pesagem do Programa Bolsa Família

A Secretaria de Saúde do município de Mandaguari está divulgando que a pesagem da segunda ...