ESPORTES

Rodolfo Landim é nomeado como interventor e ficará à frente da CBF por 30 dias

A justiça do Rio anulou a eleição de Rogério Caboclo na Confederação Brasileira de Futebol e mudanças foram feitas na entidade; decisão cabe recurso

Nesta segunda-feira (26), a justiça do Rio de Janeiro decidiu por anular a eleição de Rogério Caboclo para a presidência da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Como a decisão aconteceu em 1ª instância, ainda cabe recurso. A mudança na entidade fez com que Rodolfo Landim, presidente do Flamengo, e Reinaldo Carneiro Bastos, presidente da Federação Paulista de Futebol (FPF), fossem nomeados para comandar a CBF por 30 dias.

No período de um mês, Rodolfo Landim e Reinaldo Carneiro Bastos terão como obrigação a “convocação do Colégio Eleitoral, composto pelas Federações e times da primeira divisão do campeonato brasileiro, para votarem a alteração estatutária no que diz respeito à redefinição das regras do estatuto de 2015, em especial”.