terça-feira , 7 abril 2020
Home / Destaque / Acusado de tentar matar policiais federais vai a júri popular

Acusado de tentar matar policiais federais vai a júri popular

O suspeito de atirar contra policiais rodoviários federais em São Luiz do Purunã, distrito do município de Balsa Nova/PR, vai a júri popular. O Tribunal do Júri acontecerá no auditório da Sede Ahú da SJPR de Curitiba, no dia 12 de novembro, às 9h, e será presidido pela juíza federal substituta Gabriela Hardt.

No ano de 2018, Ronaldo Samuel Peres da Silva realizou disparos com a intenção de matar os policiais Willer Pereira de Lima e Ricardo Iwao Takeuchi. A equipe da PRF tentou realizar abordagem nas proximidades da BR- 277 a um veículo Ford Ka, com placa de Belo Horizonte – Minas Gerais, com quatro indivíduos em seu interior. Além de não obedecerem à ordem de parar, Ronaldo Samuel Peres da Silva, Jonatas Luis Gomes, Robson Stuchi Ferreira e Gean Marcos da Silva de Ramos fugiram. O caso tramita na Justiça Estadual com 3 denunciados, Jonatas Luis Gomes, Robson Stuchi Ferreira e Gean Marcos da Silva de Ramos. No entendimento da juíza da 13ª Vara Federal de Curitiba, nenhum dos crimes atribuídos aos acusados ofende a bens, serviços ou interesses da União.

Diante disso, relativo ao crime de tentativa de duplo homicídio contra os policiais rodoviários federais é atribuído apenas a Ronaldo Samuel Peres da Silva, portanto, deve-se permanecer na Justiça Federal.

 

Veja Também

Padre Roberto Carlos, primeiro padre brasileiro vítima de Coronavírus

Mais uma perda para a covid-19, o padre Roberto Carlos Vieira Nunes de 54 anos ...