terça-feira , 7 abril 2020
Home / Destaque / Governo do Paraná reforça cuidados e apoio aos caminhoneiros

Governo do Paraná reforça cuidados e apoio aos caminhoneiros

O Governo do Estado adotou uma série de ações para facilitar o trabalho dos profissionais do transporte rodoviário de cargas. As medidas são para garantir a saúde dos caminhoneiros, evitar a proliferação do coronavírus no Paraná e garantir o abastecimento de produtos. Decreto assinado pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior estabeleceu as 33 atividades essenciais que precisam manter o funcionamento, mesmo com a orientação para se evitar a circulação. Basicamente, serviços de interesse público. Entre eles está o transporte e entrega de cargas em geral. Além disso, a normativa prevê que serviços de alimentação como restaurantes e lanchonetes localizados nas rodovias devem permanecer abertos. O mesmo vale para empresas de manutenção dos veículos, como mecânicas, socorros e borracharias. Segundo Ratinho Junior, o Paraná trabalha para manter um ambiente favorável para atender esses profissionais neste momento difícil.

O secretário da Infraestrutura e Logística, Sandro Alex reforçou que o Estado está ao lado dos caminhoneiros desde o início da crise do coronavírus no País. Ele contou que entrou em contato com o Ministério da Agricultura para garantir suporte à categoria nos pátios de carregamento.

O DER, Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná, emitiu ordens de serviço que garantem outros benefícios aos trabalhadores. As praças de pedágio se tornaram centrais sobre o Covid-19, reforçando inclusive as informações sobre locais de alimentação e manutenção dos veículos. Medidas neste sentido também foram adotadas pela empresa responsável pelo ferry boat na travessia entre Guaratuba e Caiobá, no Litoral do Estado. Já quem entra na faixa portuária, silo público e pátios de caminhões nos Portos do Paraná, em Paranaguá e Antonina, conta com estações de higienização. São pias e banheiros móveis, com sabão antisséptico e álcool em gel para lavagem de mãos. O presidente da Portos do Paraná, Luiz Fernando Garcia, afirmou que a comunidade portuária sabe do importante papel que desempenha para servir a população brasileira neste momento de crise. Outras informações sobre o enfrentamento à pandemia estão no site coronavirus.pr.gov.br.

 

T

Veja Também

Padre Roberto Carlos, primeiro padre brasileiro vítima de Coronavírus

Mais uma perda para a covid-19, o padre Roberto Carlos Vieira Nunes de 54 anos ...