terça-feira , 14 julho 2020
Home / Destaque / Homem é executado dentro de uma tabacaria em Marialva este é segundo homicídio em menos de 24 horas2020

Homem é executado dentro de uma tabacaria em Marialva este é segundo homicídio em menos de 24 horas2020

As primeiras informações dão conta de que Pedro foi alvejado com pelo menos 28 disparos de pistola calibre 9 mm, mais de 10 atingiram sua face.

De acordo com as testemunhas, o local estava cheio de clientes quando dois homens encapuzados e armados adentraram a tabacaria e disseram para que ninguém olhasse para eles. Em seguida, os homens armados com pistolas foram em direção do caixa, e dispararam por diversas vezes contra o funcionário do estabelecimento.
Houve correria e pânico no local, mas nenhuma outra pessoa ficou ferida.

Equipes da RPA, ROTAM e CHOQUE estiveram no local e isolaram a cena do crime. Socorristas do SAMU também foram acionados, mas nada puderam fazer, pois os ferimentos eram incompatíveis com a vida.

Populares relataram para as autoridades que viram um veículo VW Golf de cor branca, descendo a rua pela contra mão no momento dos disparos, e os atiradores teriam entrado nesse carro e empreendido fuga tomando rumo ignorado.

Toda a ação foi registrada pelo sistema de câmeras de segurança do estabelecimento que foram recolhidas pela Polícia Civil, junto com mais de quarenta estojos deflagrados de pistola calibre 9 mm que estavam no local.

O corpo do jovem foi recolhido ao Instituto Médico Legal (IML) e deverá ser liberado para os familiares por volta das 11h para a realização do velório e sepultamento. Pedro era muito conhecido e querido pelos amigos. Os familiares clamam por justiça, já que a princípio, nada consta para que sua conduta possa ser desabonada.

Este é segundo homicídio em menos de 24 horas

Com Informações de Tribuna Interativa de Marialva

Veja Também

Mandaguari registra quarto óbito e contabiliza mais 11 casos de Covid-19 totalizando 140 casos

A Secretaria de Saúde de Mandaguari confirmou na tarde desta segunda-feira (13) o quarto óbito ...