sexta-feira , 5 junho 2020
Home / Destaque / Licitação por Pregão Eletrônico garantiu 28% de economia para a Prefeitura

Licitação por Pregão Eletrônico garantiu 28% de economia para a Prefeitura

A responsabilidade nas contas da Prefeitura de Mandaguari foi mais uma vez comprovada com a economia obtida através das compras efetuadas pelo Pregão Eletrônico que em 2019 gerou uma economia de 28% para o município, revertendo mais de R$ 4 milhões que podem ser revertidos em melhorias à população.

Com essa modalidade de licitação implantada pela Prefeitura há mais transparência no processo licitatório, maior oferta de produtos, mais agilidade de compra e recebimento das mercadorias e redução no preço final já que há mais competitividade de empresas.

No ano passado a perspectiva do município era investir R$ 14.316.819,66 em compras realizadas com a modalidade Pregão Eletrônico, porém após a realização dos certames o valor gasto foi R$ 10.303.583,37, resultando uma economia de R$ 4.013.236,29 para o cofre público.

O secretário de Finanças do município, Hamiltom Sampaio, explica que a economia surge quando há mais oferta pelo mesmo produto. “Uma das vantagens desse formato de licitação é aumentar a concorrência ocasionando um menor valor a ser pago pelo município. A licitação é realizada à distância, com as empresas se cadastrando previamente e apresentando os valores dos produtos no momento da licitação. Uma forma interessante, transparente e ágil onde compramos desde canetas, mobiliário, equipamentos, gêneros alimentícios e até veículos para a frota municipal”, diz Sampaio, parabenizando as equipes do setores de Licitações e de Compras responsáveis por gerar essa grande economia ao município.

O assessor Agnaldo Esteves Junior avalia que “a utilização da modalidade resulta em maior transparência nos gastos realizados pela administração, possibilitando a real e efetiva fiscalização por parte da população e órgãos de controle, uma vez que os procedimentos podem ser acompanhados tanto pelo Portal da Transparência do Município quanto pela plataforma através de seu acesso público. Outro fator importante é a menor burocracia, tendo como objetivo a escolha pela proposta mais vantajosa para a administração”.

O sistema no município é administrado por dois pregoeiros, Lucidalva Sehnem de Souza e Lucas Renan Rocha Kiil, os quais são responsáveis pela condução dos procedimentos.

Veja Também

Biz furtada no Jardim Progresso e recuperada pela Policia Militar

A equipe fora informado via 190, que no jd planalto, haveria ocorrido um furto de ...